Julho-Agosto de 2021

A Igreja e a comunicação: desafios do ambiente digital

Editorial

No dia 20 de agosto de 1931, aportaram em Santos, com destino à cidade de São Paulo, os dois primeiros padres paulinos: Xavier Boano e Sebastião Trosso. Esta edição de Vida Pastoral, portanto, marca o aniversário de 90 anos da presença dos Paulinos no Brasil. Por isso escolhemos o tema “A Igreja e a comunicação: desafios do ambiente digital”. O assunto, sem dúvida, é um dos grandes desafios da pastoral na Igreja hoje. O ambiente digital constitui, por assim dizer, “novo areópago” ou “ágora”, se quisermos evocar duas imagens do mundo grego antigo. Antes, porém, de continuar a exposição, vamos brevemente à fonte da intuição de um jovem que ousou pensar uma nova forma de evangelização.

Artigos Ver todos

Igreja e comunicação: uma aproximação histórica

Darlei Zanon, ssp*

Nas últimas décadas, imersos em um ambiente altamente midiatizado, habituamo-nos à presença da Igreja nos mais diversos meios de comunicação. A imagem, a voz, as mensagens do papa e de tantos membros que formam a Igreja católica se difundem cotidianamente, de modo sempre mais potente e abrangente. Mas foi...

Catequese digital: por onde começar? Insights para pensar a catequese em tempos digitais e de pandemia

Aline Amaro da Silva*

Este artigo trata de temas indispensáveis para repensar o agir catequético, a fim de superar os desafios que enfrentamos hoje: uma sociedade em digitalização e uma pandemia que dificulta o encontro físico. Propomos um itinerário de conscientização sobre essas mudanças, para formar uma catequese 4.0, integral e integradora, física...

“Vejam como não se amam!”: intolerância intracatólica e antievangelização em rede

Moisés Sbardelotto*

O fenômeno da intolerância em rede vem desafiando a reflexão e a ação social em vários âmbitos. A Igreja não fica isenta disso. Neste artigo, aborda-se primeiramente o fenômeno do ódio digital em geral, com base na ação dos chamados “haters”. Em seguida, são enfocados especificamente o ódio digital...

A esperança como perspectiva pastoral para a comunicação

Marcus Tullius*

A pandemia deu visibilidade ao trabalho desenvolvido pela pastoral da comunicação e à necessidade de tê-la articulada às realidades eclesiais. O comunicador cristão, pela sua ação, torna-se um mantenedor da esperança, especialmente diante de cenários de instabilidade. Introdução A pandemia da Covid-19 escancarou as mazelas de sociedades marcadas por...

Roteiros homiléticos Ver todos

18º DOMINGO DO TEMPO COMUM

1º de agosto

O pão da vida é Jesus

I. INTRODUÇÃO GERAL Iniciamos o mês de agosto, que, para a Igreja no Brasil, é dedicado às vocações. Toda vocação é um chamado de Deus para algo. Fomos chamados à vida, à fé em Cristo, à santidade, e ainda somos chamados continuamente para novas missões. Que apelos do Senhor...

17º DOMINGO DO TEMPO COMUM

25 de julho

Alimentar os famintos

I. INTRODUÇÃO GERAL “Você tem fome de quê? Você tem sede de quê?”, pergunta uma canção brasileira cuja letra exprime que o ser humano precisa de algo mais do que comida e bebida. Contudo, a liturgia deste domingo situa nossos pés na dura realidade de que há ainda muitas...

16° DOMINGO DO TEMPO COMUM

18 de julho

A compaixão pelas ovelhas sem pastor

I. INTRODUÇÃO GERAL Contemplamos, nas Escrituras, a vida humana de Jesus, que teve um corpo, criou relações, agiu como humano e manifestou a presença de Deus em sua existência. Aprendemos a viver conforme sua vida, seguindo seus passos e praticando seus ensinamentos. A liturgia deste domingo nos põe frente...

15° DOMINGO DO TEMPO COMUM

11 de julho

Chamados e enviados para a missão

I. INTRODUÇÃO GERAL O Tempo Comum é caracterizado como um tempo para o amadurecimento da graça batismal. Celebram-se os ensinamentos de Jesus, sua existência entre as pessoas e sua missão realizada no mundo por amor a Deus e à humanidade. Este domingo constitui um chamado e um envio para...