Março-Abril de 2020

Fraternidade e vida: dom e compromisso

Editorial

A canonização de Irmã Dulce, em 13 de outubro de 2019, foi um precioso presente para os fiéis católicos. Doravante a pequena e humilde baiana pode ser invocada pelo nome de Santa Dulce dos Pobres. O nome Dulce lembra doçura. Aquela doçura que os corações bondosos sabem espalhar na vida dos próximos, mesmo tendo uma vida marcada por sofrimentos. Como bem disse D. Helder, “há criaturas como a cana: mesmo postas na moenda, esmagadas de todo, reduzidas a bagaço, só sabem dar doçura”. Dulce foi doçura na vida difícil imposta a tantos irmãos deixados à beira do caminho (cf. Mc 10,46-52). Ela percebeu, desde cedo, que a vida só tinha sentido quando permeada de ternura. E foi o que ela fez: abraçar com ternura os pobres e indesejados, os sem endereço da cidade de Salvador, Bahia.

Artigos Ver todos

Tempo de ver, compadecer e cuidar: a identidade e os desafios da Campanha da Fraternidade de 2020

Joel Portella Amado

A CF-2020, retomando o tema da vida, chama a atenção para a cultura de morte que se implanta entre nós. Recorda que a indiferença é uma forma pecaminosa de pacto com a morte e convida a trabalhar por uma mentalidade que não olhe o outro como alguém que nos...

Parábola: uma catequese de atitude. O exemplo do bom samaritano (Lc 10,25-37)

Antonio Carlos Frizzo

Numa perspectiva antropológica, o texto aprofunda o estudo bíblico sobre o gênero parábola, especificamente a do bom samaritano,e propõe-nos uma ética solidária. Introdução Jesus foi um mestre de seu tempo. Teve como meta, como única preocupação, o anúncio e a instauração do Reino de Deus. Com certa frequência, vemos,...

Ensaio de uma metodologia pastoral e as contribuições de José Comblin

Miguel Debiasi

O texto trata sobre uma metodologia pastoral – em diálogo com José Comblin, no contexto latino-americano – que visa a uma ação para transformação e libertação das pessoas. É necessária a articulação de uma dialética entre evangelho e vida, teologia e prática. Busca-se na prática de Jesus de Nazaré...

Da Lei de Moisés à justiça do Reino, na teologia de Mateus

Jaldemir Vitório

A catequese de Mateus, escrita num contexto de conflito, contrapõe duas teologias. A primeira, defendida pelos escribas e fariseus, centra-se na Lei de Moisés e sua interpretação. A segunda, presente no testemunho de Jesus, busca o querer original do Pai dos céus. A morte de cruz resultará dessa desavença....

Roteiros homiléticos Ver todos

1º domingo da Quaresma

1º de março

A atualidade do evangelho
de Jesus Cristo

I. Introdução geral Há dois projetos de vida que poderiam ser assim resumidos: um projeto que é proposto para ser feito com Jesus Cristo e outro sem ele. Seguir Jesus é preencher a vida com sentido e finalidade. É permitir que a vida dele seja o modelo fundamental para...

QUARTA-FEIRA DE CINZAS

26 de fevereiro

Voltai ao Senhor com todo o vosso coração!

I. Introdução geral Esta celebração marca o início da Quaresma, tempo especial no qual somos chamados a percorrer um itinerário intenso de conversão, buscando a reconciliação com Deus, com o próximo e com nós mesmos, a fim de que possamos não apenas celebrar bem a Páscoa do Senhor, mas...

7º DOMINGO DO TEMPO COMUM

23 de fevereiro

O caminho da santidade é o amor

I. Introdução geral A liturgia deste dia enfatiza os temas da santidade e do amor. No início da primeira leitura, temos um solene convite de Deus ao povo de Israel: “Sede santos, porque eu, o vosso Deus, sou santo” (Lv 19,2). No evangelho, Jesus estende esse convite a toda...

6º DOMINGO DO TEMPO COMUM

16 de fevereiro

Jesus é a sabedoria de Deus e a plenitude da Lei

I. Introdução geral A Lei de Deus foi dada como instrução para que, por meio dela, o ser humano encontre o caminho da felicidade, guiando sua existência com dignidade, liberdade e harmonia com o Criador e com o próximo. Passível de interpretações variadas, nem sempre essa Lei foi aplicada...